29 de jan de 2010

Nova diretoria amplia aproximação COREN/formandos

O projeto de aproximação com os estudantes de enfermagem, implementado pela Junta Interventora do COREN-RJ, ganha novos contornos na atual gestão. No último fim de semana, a vice-presidente do Conselho Regional, Rejane de Almeida, representou a autarquia nas cerimônias de formatura de duas turmas da Universidade Castelo Branco.

Durante o evento, Rejane afirmou que a enfermagem é um serviço imprescindível na produção de cuidados integrais para a população, e lembrou que a enfermagem brasileira tem lutado muito para construir o Sistema Único de Saúde (SUS).

Rejane ressaltou que a enfermagem é um projeto em permanente construção, e salientou que os formandos têm responsabilidade de ocupar os espaços de forma propositiva e estratégica, principalmente na formulação e implementação das políticas públicas nos Ministérios da Saúde e Educação e no Congresso Nacional.

A vice-presidente lembrou a necessidade de articular uma ação conjunta para ampliar a luta pelas 30 horas, aprovar a rejeição do ato médico, garantir os protocolos de enfermagem, assegurar a abertura das Casas de Parto em todos os municípios do estado e da representação da enfermagem no Parlamento (projeto político parlamentar da enfermagem).

- É uma árdua tarefa, mais temos certeza absoluta que não se faz saúde nesse país sem o profissional de enfermagem. Sejam bem-vindos à família enfermagem. Que vocês cheguem com muita dignidade e responsabilidade social – concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por seu comentário.